❝ — FICHÁRIO.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por O Narrador em Sab Jan 13, 2018 4:01 pm

AS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Agaton Karlsson em Dom Jan 14, 2018 2:51 am


AGATON KARLSSON
PRÍNCIPE DA SUÉCIA

Você nunca ouviu falar do PRÍNCIPE HERDEIRO da família real da SUÉCIA? Ele se chama AGATON KARLSSON, cursa ASTRONOMIA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ele tem 22 ANOS, se identifica como HOMEM e foi escolhido por ÉTER, do PANTEÃO GREGO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecido com OLIVER STUMMVOLL.

PODERES E HABILIDADES

PURIFICAÇÃO - É a habilidade de purificar qualquer coisa que seja. Pode ser tanto uma purificação mental, como espiritual ou física. Agaton é capaz de limpar a mente de alguém de pensamentos tóxicos ou perigosos, assim como de emoções baixas ou instintos primitivos. Também pode purificar seres que foram envenenados e acelerar de maneira intensa o processo regenerativo de ferimentos. A purificação, quando num nível elevado, também abrange outros aspectos, como os da natureza. Com o domínio adequado do poder, Agaton é capaz de limpar rios ou solos que foram contaminados, fazendo-os retornarem ao seu estado de pureza original.

FOTOCINESE - É a habilidade de manipular os fótons, alterando suas propriedades e utilizando-os da maneira que desejar. Agaton pode projetar ilusões holográficas ao moldar os fótons de maneira específica, assim como tornar coisas invisíveis ao rejeitá-los, inclusive a si mesmo. Consegue criar construtos de luz solidificada, que podem ter formatos diversos, assim como lançar raios e feixes ardentes de luz, capazes de queimar e destruir de acordo com a sua intensidade.

AKASHA - Éter é o próprio Akasha, o princípio cósmico que origina todas as coisas, que sustenta os átomos e a existência em si. Isso torna o seu representante capaz de dissolver e alterar a matéria, ocasionando uma alquimia instantânea, podendo modificar as propriedades físicas de qualquer substância. Isso também o permite transportar a própria matéria e o princípio espiritual do seu ser, teleportando-se para outros lugares. O Akasha é uma habilidade extremamente poderosa, e isso traz uma responsabilidade maior para o protegido e Éter, que não tem permissão do seu patrono para utilizar o Akasha de maneira cruel ou visando machucar outros seres.

INVENTÁRIO

Esfera: Um bracelete que recebeu como presente de Éter. O bracelete é capaz de tranquilizar os que estão ao seu redor.

Daemon: Sven, o Mensageiro de Éter. O daemon tem uma característica especial, que é a sua ligação com a própria divindade que apadrinhou Agaton. Os três - divindade, protegido e daemon - compartilham uma conexão.

EXTRACURRICULARES

Agaton é o líder da equipe de Esgrima de Avalon, tendo grande perícia no uso do florete.

ESPECIFICAÇÕES

É o primeiro filho da família real da Suécia, sendo o Príncipe Herdeiro.

HISTÓRIA

Agaton Karlsson foi o primeiro filho de Hans e Helena, os respectivos Rei e Rainha da Suécia. Trouxe com o seu nascimento muita alegria não só para a sua família, mas também para todo o Reino da Suécia, já que sua mãe, até então, não conseguira engravidar mesmo depois de tantas tentativas. Antes de Agaton nascer, ambos os seus pais foram visitados pelo Mensageiro de Éter, uma criatura vinda dos Céus Superiores para anunciar a vinda do herdeiro e comunicar que ele seria, na Terra, o representante do deus primordial. Com imagens sutis e poucas palavras, o Mensageiro explicou aos dois que Agaton não só seria protegido pela divindade, como também compartilharia uma conexão com ela, e que seria o único em todo o planeta a ter algum contato com o deus. Agaton teria grandes responsabilidades não só como o futuro Rei da Suécia, mas também como o representante de Éter, embora o Mensageiro não pudesse ainda explicar como isso se daria. Deixando os dois confusos, mas ainda assim muito felizes e animados, o Mensageiro partiu dos sonhos, voltando na semana seguinte na forma do daemon do primogênito, o qual foi nomeado Sven, um nome popular no país. Agaton estudou, ao longo da sua vida, os idiomas inglês, francês, russo e alemão, já que a Suécia possuía ligações político-econômicas com as nações de tais línguas. Também tomou gosto pela esgrima, na qual logo passou a desenvolver grandes habilidades e, ao alcançar a idade adequada, Agaton foi enviado à Academia Avalon. Tendo grande curiosidade pelo Cosmos, ele escolheu o curso de Astronomia, desejando entender mais sobre como as galáxias e o Universo em si se construíam. Ainda que Agaton tenha crescido com grandes responsabilidades, inclusive as que ainda não podia assumir, seu daemon ainda não teve permissão de contar a ele qual a sua missão como o representante de Éter na Terra.

PERSONALIDADE

Agaton, cujo nome significa "o puro", é um jovem muito reservado, observador e reflexivo. Calmo e ponderado em suas atitudes, ainda que isso não o impossibilite de agir de maneira decidida ou defensiva quando se sente ameaçado. É inteligente e curioso, mas o seu interesse quase sempre é pelas coisas que não são mundanas ou pessoais, como filosofia, ética e física. Ele fica facilmente entediado perto de pessoas vazias ou que não tem muito a lhe oferecer, preferindo a companhia de intelectuais ou apenas de um bom livro ou filme que prenda sua atenção e o ensine alguma coisa. Por sua vez, Sven, o seu daemon, é incrivelmente social, tendo também grande interesse pelas outras pessoas e as formas em que elas funcionam. Ao contrário de Agaton, Sven é um pouco disperso e muito brincalhão, às vezes não levando tão a sério as coisas que acontecem no mundo.

Voltar ao Topo Ir em baixo

app: AARON MERCOURI

Mensagem por Aaron Mercouri em Dom Jan 14, 2018 3:25 pm

Aaron Mercouri
POST 00 | WORDS 00 | LOOK HERE
Something isn't right, babe
I keep catching little words but the meaning's thin
I'm somewhere outside my life, babe
Você nunca ouviu falar do PRÍNCIPE HERDEIRO da família real da GRÉCIA? Ele se chama AARON MERCOURI, cursa ADMINISTRAÇÃO no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ele tem 27 ANOS, se identifica como GÊNERO MASCULINO e foi escolhido por ARCANJO MIGUEL, do PANTEÃO CRISTÃO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecido com AARON JOHNSON.

PODERES E HABILIDADES


  • ASAS:

  • FORÇA:

  • FOTOCINESE:


ITENS DE PODER


  • DAEMON:

  • ESFERA:

EXTRACURRICULARES
Faz parte do clube de esgrima, time de rugby e lidera o clube de boxe.

HISTÓRIA

ESPECIFICAÇÕES

  • A família real possui quatro filhos, Aaron é o mais velho e herdeiro do trono.

  • Todos os irmãos do rei e da rainha vivem na fortaleza grega com suas respectivas famílias.

  • A família possui muita influência com as outras famílias reais de outros países. Sempre bem recebidos.

MASTER SHOT

_________________
Aaron Mercourithe Greek heir
power of angel michael

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Owleen Lynch em Dom Jan 14, 2018 9:50 pm


Owleen
Irish princess

Você nunca ouviu falar da PRINCESA da família real da IRLANDA? Ela se chama OWLEEN L. SANDVIK, cursa ARTES no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 25 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por OLWEN, do PANTEÃO GALÊS. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecida com KAROL QUEIROZ.


PODERES E HABILIDADES:

Fotocinese: Olwen é a deusa da primavera e, para fazer plantas e árvores crescerem, ela manipula o sol. Owleen recebeu o poder de forma semelhante: pode manipular luz natural, podendo usar o sol para, até mesmo, cegar seu oponente. Também pode, com menor eficiência, utilizar deste para iluminar lugares, em especial se estes não são subterrâneos.



Homens-planta
: Seu patrono é, em algumas versões, uma espécie de Deusa-princesa-fada, sendo assim, Owleen pode fazer surgir do chão seres humanoides com características parecidas com as de uma planta. Nolugar dos olhos, têm plantas, mais especificamente lírios brancos. São pouco resistentes à ataques, entretanto, surgem numa quantidade absurda e assustadora, podendo causar danos severos ao adversário.



Secreção de toxinas florais
: Owleen pode, de forma natural, alterar ser cheiro. Além disso, pode liberar veneno pelos poros, em especial lábios. Tais toxinas tem efeito variado, podendo causar alucinações, paralisia e, em casos extremos, a morte.


INVENTÁRIO

Esfera
: um colar de ouro com um delicado pingente em forma de sol. Este é adornado por treze pequenos rubis, que brilham de forma singela, reproduzindo a luz solar. É facilmente escondido entre as roupas. A esfera lhe propicia a habilidade de deixar sua beleza equiparada com a da Deusa, utilizando-a de forma hipnótica. Uma vez utilizando este poder, Owleen tem controle quase total sobre os desejos alheios.



Daemon
: Horacio, o cervo-nobre. É extremamente apegado a garota, ainda que sejam opostos quase que definitivos. Horacio é mal-humorado, por vezes violento. Extremamente territorialista, costuma a odiar que toquem na ruiva, podendo este ciúmes se estender ao irmão.


EXTRACURRICULARES



Líder do clube de jardinagem, também participa dos clubes de esgrima, fotografia, tiro ao alvo e música.



ESPECIFICAÇÕES




Segunda na linha de sucessão, Owleen se recusa a assumir o trono. É a outra metade da alma de Florian, sendo superprotetora com o irmão.



HISTÓRIA:

Segunda filha em um casal de gêmeos, Owleen quase veio a falecer durante seu nascimento. A alma da garota foi recebida e tocada por duas deusas da primavera, estabelecendo certo embate entre Perséfone e Olwen, sendo que a segunda saiu vitoriosa. Encantada com a pureza do pequeno ser, seu patrono decidiu lhe dar o sopro vital entrelaçando sua vida a do irmão, Florianus.

Owleen cresceu rodeada de mimos e cuidados, algo que sempre a irritou profundamente. Se afastou dor irmão de forma quase natural, temendo que sua presença pudesse, de algum modo, machuca-lo, ainda assim, torna-se feroz quando é necessário defender Florian, sendo este um dos poucos estímulos capazes de quebrar sua paz de espírito.

É a "garotinha do papai", por mais que odeie admitir, entretanto, sua sede por liberdade faz com que a ruiva, pouco a pouco, dê um jeito de se afastar das garras do patriarca.



PERSONALIDADE:

Owleen é uma garota extrovertida e doce. Fiel àqueles que julga merecedores, não poupa esforços para proteger os que ama.
Na maior parte do tempo é calma, como se nada pudesse, de fato, lhe perturbar. Apaixonada pela vida, é romântica, acreditando em almas gêmeas, ainda que não exatamente no sentido amoroso.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Florian L. Sandvik em Seg Jan 15, 2018 2:04 am


Florianus
Irish whore prince

Você nunca ouviu falar do PRÍNCIPE da família real da IRLANDA? Ele se chama FLORIAN L. SANDVIK, cursa MEDICINA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 25 ANOS, se identifica como HOMEM e foi escolhida por LUCIFE, do PANTEÃO BÍBLICO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecida com DANIEL SHARMAN.


PODERES E HABILIDADES:

Ventriloquismo



Sedução




Umbrancinese



INVENTÁRIO

Esfera
: Um crucifixo de ouro dado pela mãe de Florian.



Daemon
: Ilaria, um flamingo fêmea de 1,5.


EXTRACURRICULARES



❝ Participa da equipe de NATAÇÃO DO QUAL LÍDER, da equipe de BOXE, da equipe de LACROSSE, do clube LGBTQ+ , da MONITORIA e da equipe de EQUITAÇÃO. ❞





ESPECIFICAÇÕES




Florianus Leopoldo Maximillian Sandvick Lóegaire ( Dublin, 20 de novembro de 1993 ) é o filho mais velho de Rei Oengus da Irlanda e Rainha Caoimhe da Irlanda. Ele é o primeiro na linha atual de sucessão ao trono irlandês, seguido por sua irmã gêmea Owleen Lóegaire, princesa da Irlanda.



HISTÓRIA:

Paronímia é o nome dado a um tipo específico de palavras que têm a grafia muito semelhante, ainda que em geral não haja relação quanto ao significado. Florianus Leopoldo Maximillian Sandvick Lóegaire  e Owleen Elizabeth Sierra Sandvick Lóegaire sempre, desde seu primeiro suspiro estavam destinados a serem parônimos, um vinha a ser o sinônimo de obediência e a outra rebelião. Significados distintos para duas crianças que desde cedo apresentaram sinais de semelhança além da compreensão meramente humana, graças as mãos do destino estes vieram a dividir bem mais do que apenas um sobrenome ou um aniversário, eles compartilhavam uma alma. Ou pelo menos Owleen detinha uma pequena porção da alma de Florian juntando a dele com a sua como uma muleta para que pudesse sobreviver, mas tudo poderia ter sido diferente. Tudo poderia ser melhor ou pior, quem sabe? Os ‘e se’ sempre fizeram parte da dinastia Irlandesa e com os herdeiros do trono por muito tempo não foi diferente, a diferença só foi ser notada quando finalmente pararam de pensar 'e se' e começaram a ponderar os reais acontecimentos, sua história e destino já haviam sido traçados, não importava mais qualquer que fosse o e se, tudo que importava era o que havia sido um dia.


A história começa muito antes de Caoimhe e Oengus, mas levaria dias para contar tudo, então indo ao que interessa Caoimhe e Oengus já eram casados há cinco anos quando finalmente foram abençoados com uma gravidez, a alegria varreu por completo o reino irlandês, de norte a sul todos rezavam para que tudo corresse bem e para que nove meses se passassem mais depressas que o normal. A ansiedade popular apenas aumentou quando o anuncio de que a rainha esperava um casal de gêmeos se espalhou pelas terras, os nomes dos herdeiros foram escolhidos por uma votação e depois de longos dois meses de seleções finalmente Florianus Leopoldo Maximillian e Owleen Elzabeth Sierra foram oficializados como os nomes dos bebês que Caoimhe esperava. Nove meses não poderiam ter que se passado mais rápido, os médicos do castelo ficavam atentos 24 horas por dia, sete dias das semana, a cada movimento da rainha e a cada respiração irregular dos bebês dentro dela, nada poderia dar errado. É claro que ninguém ensinou-os que se algo pode dar errado, vai dar. Em uma madrugada fria as contrações da rainha não eram só excruciantes como também preocupantes e o sangue que escorria-lhe por entre as pernas só demonstravam que o plano original de dar a luz aos gêmeos de forma natural não seria possível.


A cirurgia de retirada dos bebês durou horas e mais horas, mas ainda sim um simples e bobo erro médico causou um grave problema para a rainha e para os herdeiros, desesperados para remediar a situação os profissionais deixaram de lado as crianças recém tiradas do útero materno para atender a rainha com prontidão e precisão. Essa ruptora de cuidados não deixou que notassem um grave problema na respiração da princesa, ou talvez seria melhor dizer na falta da respiração. Os pulmões de Owleen haviam se enchido de água e ao contrário do irmão ela não sobreviveu mais que dez minutos antes as Banshees gritarem lamentos por todo o norte da Irlanda até o extremo sul, no entanto quem buscou a alma da criança não foi uma divindade celta, talvez esta tenha sido sua real sorte, pois quando Olwen tomou-lhe em seus braços a deusa decidiu duas importantes coisas: Ela viveria e ela seria sua menina. A deusa da primavera procedeu então a retirar a vitalidade do irmão de Owleen, um pedaço da alma deste, apenas para que o fio da vida da irmã fosse novamente atado, um pedaço que o levaria para baixo dos pés da ruiva por anos a fio. Ao entrelaçar as almas a vida de Florianus passou a depender da da irmã e vice-versa fazendo com que um sentisse o que o outro sentia, fazendo com que Owleen fosse uma extensão do corpo de Florian.


A vida dos gêmeos foi "boa", afinal não havia o que reclamar quando se é um dos herdeiros da coroa, a mão amava Florian e pai parecia ter uma grande paixão por sua pequena princesa, é claro que nas noites o pai parecia... Amar mais o filho, até demais. Esses favoritismos marcaram pontos importantes da trajetória e da personalidade de ambas as crianças, enquanto Florian cada vez mais se tornava um católico fiel e fervoroso, Owleen se tornava dona de si, livre para ser o que bem entendia. Ou pelo menos ela pensava assim, não há liberdade quando sua vida depende de outra pessoa e quando outra pessoa depende da sua respiração, talvez o conceito do que Olwen havia lhe feito nunca cairia no entendimento da princesa, não como havia em Florian, o efeito devastador que fizera o menino se submeter a tudo para deixar a irmã feliz e em segurança. Ele não poderia fazer esportes violentos, afinal Owleen poderia se machucar, ele evitava correr para evitar cair assim evitando dor e desconforto para a gêmea, até mesmo amizades eram revistas cautelosamente apenas para saber se aquilo também seria benéfico para a outra.


Entre os dramas passados na escola e tentar esconder tudo que era Florian cada vez mais recorria a mãe como seu porto seguro, os outros irmãos eram de fato algo que o menino gostava de ter por perto, mas a figura materna era tão importante que quando a rainha morreu Florian se viu sem rumo. Ele tinha apenas quatorze anos e a dor que sentia era maior que qualquer outra coisa que tinha experimentado, ele ainda lembrava de como havia se deitado ao lado da mãe em seu leito de morte segurando-lhe as mãos tentando ser forte enquanto a respiração da rainha aos poucos cessava e esta deixava para trás o plano mortal. Não houve, no entanto, um tempo para que chorasse seu luto, logo que deu por si o pai estava desesperadamente tentando achar os registros médicos da noite em que os gêmeos vieram ao mundo, a tradição dizia que o mais velho dos filhos era quem deveria enterrar a mãe e quem deveria falar em seu enterro, mas saber quem era o mais velho entre ambos nunca havia sido particularmente uma prioridade aos irlandeses, todos estavam bem acreditando que Owleen seria a rainha, mas herdar um país era diferente de desafiar a morte em pessoa. Quando Oengus anunciou que o herdeiro de direito, por dez minutos de diferença, era Florianus o mundo todo pareceu parar e então girar rápido demais, o menino que não tinha dito uma palavra desde que a mãe falecera de repente era bombardeado de informações e perguntas e mais importante teria que carregar o fardo de ser o primeiro a jogar a terra no caixão de sua mãe e honrá-la com palavras que uma criança de quatorze anos não deveria conhecer ou pelo menos não deveria ser tão acostumado com.


Como todo bom católico Irlandês os gêmeos frequentavam uma escola particular comandada por freiras, uma que tinha valores tradicionais entrelaçados aos ensinamentos necessários para o mundo moderno. Foi nessa escola que o príncipe se apaixonou pela primeira vez, e como a leia que regia sua vida desde seu nascimento já dizia, se algo poderia dar errado, daria. É claro que Florian não poderia normal e se apaixonar por uma linda garota que andaria de mãos dadas pelos corredores, uma segurança para ele e sua irmã, alguém que um dia poderia vir a ser sua esposa e sentar a seu lado no trono. Não. Ele se apaixonou por um garoto, um garoto rude e tão católico quanto todos no colégio, alguém que não entendia porque o príncipe não praticava esportes, alguém que não ligava para nada e que definitivamente não se importaria com títulos se precisasse defender as morais bíblicas. Florian sabia disso de forma plena e guardar seus sentimentos para si mesmo fora fácil, é claro que ele esqueceu que sua outra metade sentia as mesmas coisas e ele não chegou a tempo de impedir que Owleen declarasse não só para o menino como para metade da escola que o irmão gostava dele. Os próximos dois anos de escola passaram a ser um inferno para Florianus, talvez estivesse pagando por seu pecado, ele não sabia porque Deus havia lhe feito daquele jeito, mas sabia que as surras, ser trancado no armário, os empurrões e as ofensas eram parte de seu castigo e que ele deveria aceitar, também deveria aceitar seu pai adentrando seus aposentos a noite e não deveria em hipótese alguma contar algo, afinal era do rei da Irlanda que estavam falando. No entanto após a morte da mãe Florian acabou se rebelando, aos quinze anos finalmente revidou todas as ameaças, todas as surras e foi expulso do colégio depois de quase hospitalizar um garoto quando este disse que a rainha teria vergonha do que Florian havia se tornado.


A solução mais rápida e prática para o rei foi quase esperada, mandar Florian para Avalon. Não havia outra opção e todos puderam respirar aliviado que não teriam que lidar com um príncipe que se assumia publicamente homossexual, que manchava o nome da santa igreja e se recusava a aceitar o posto de herdeiro do trono. A tensão subia em todo o país, metade do reino queria se rebelar e colocar Owleen como herdeira de direito, metade do reino respeitava as leis de sucessão e fosse como fosse achava que Florian deveria ser o próximo rei. Oengus então teve que interferir, ele particularmente preferia ver a filha no trono do que ter que deixar sua coroa para Florianus, mas ele sabia que Florian tinha o necessário para ser um ótimo rei e que a esposa amava o garoto mais que tudo no mundo, a decisão foi fácil e a rebelião foi esmagada não dando outra escolha a Florian se não aceitar ser coroado oficialmente como o herdeiro de direito do trono causando uma tensão entre ele e a gêmea, uma que logo foi dissipada. Pelo menos verbalmente, Owleen continuava a ser a mesma, só que muito mais livre agora que finalmente não precisava se preocupar com seu título. Florian continuava o mesmo, cuidadoso, responsável e com um sorriso em seu rosto para toda ocasião enquanto dizia como Owleen era esperta e linda e como ela merecia o mundo, mesmo quando esta não fizesse de fato questão de viver para as projeções do irmão.



Decidido a não voltar para Irlanda enquanto não fosse necessário o príncipe permaneceu em Avalon após concluir o ensino médio e adentrar a faculdade de medicina  onde finalmente a real faceta de Florian começou a aparecer, sem Owleen a seu lado não havia motivos para o príncipe se conter e toda a inteligência do garoto transbordou-se de forma extraordinária, não demorou para que o herdeiro decidisse pagar na mesma moeda tudo que a irmã o fazia, ele entrou para a equipe de boxe e de equitação, mais tarde também voltando para natação. Esse afastamento de Owleen acabou deixando Florian mais feliz, verdadeiramente, por um ano ele de fato ria como um verdadeiro jovem e não como alguém fingindo. É claro que assim como seu patrono Owleen era alguém que deveria lembrá-lo que ele estava atrelado ao inferno, ele não possuía asas e sim correntes, então novamente a irmã gêmea o arrastou para baixo dela o fazendo submeter-se a suas vontades mais uma vez, o brilho dos olhos do mais velho sendo apagado e o sorriso voltando a esconder tudo e qualquer coisa que fizesse alguém pensar mal de sua querida gêmea. Afinal ele não podia culpá-la, ele entendia, ela não havia pedido por isso e ele precisava cuidar dela, a mãe o fizera prometer que faria. Não importava se ninguém houvesse prometido que cuidaria dele.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Juliana G. Fortunatti em Seg Jan 15, 2018 6:05 pm


Juliana

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da PRINCESA da família real da ARGENTINA? Ela se chama JULIANA GATTI FORTUNATTI, cursa ARQUITETURA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 20 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por ANHANGÁ, do PANTEÃO TUPI-GUARANI. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecida com CAMILA MENDES.

Extras
❝ Tem como esfera do poder um URSO DE PELÚCIA marrom com gravata vermelha e uma das orelhas faltando. E seu daemon tem a forma de um TIGRE SIBERIANO e se chama JOUINY. ❞

❝ Participa da equipe de DEBATE, da equipe de LÍDERES DE TORCIDA DA QUAL É CAPITÃ, do clube de ARTES e do CORAL. ❞


Poderes
Praga: Praga: Um poder inconsciente cujo a habilidade é de espalhar a desgraça às vidas alheias seja em forma de acidentes, azar ou então de fato algo proposital. Como por exemplo um alvo do poder pode acabar sendo mais propenso a ser roubado e este roubo se tornar algo violento, ou então de apenas tropeçar e cair com a cara no chão.


Necromancia: A manipulação de mortos-vivos, usando-os como servos, escravos ou defensores sob o comando do usuário após ressuscitar-los, é considerado magia negra ou bruxaria, e seus usuários se chamam necromantes.


Auracinese: Capacidade de ver controlar e absolver a aura astral de uma pessoa. Essa habilidade possibilita que o usuário faça qualquer dano ou alteração mental ou espiritual em uma pessoa, possibilitando que este possa enfraquecer, tirar a consciência, apagar a memória, absolver essa aura (o que fará o usuário se sentir mais forte e a vítima mais fraca), fazer entrar em coma ou estado vegetativo, ou até mesmo matar qualquer um que possuir uma aura astral.


Historia:
Argentina, uma quinta-feira chuvosa e escura. O vento batia contra todas as janelas da maternidade, o som poderia até ser alto, porém os gritos da rainha na sala de parto superavam qualquer tempestade. Ter um filho não era um trabalho fácil, ela sabia disso, todos diziam isso, era doloroso e sangrento, mas compensava, tinha sido assim com todas as crianças da coroa argentina até aquele momento, mas a quarta filha parecia diferente desde o concebimento, como se uma aura a acompanhasse, uma escura e de certa forma que dava medo aos progenitores. Com toda a certeza a rainha teve medo ao sentir-se ser rasgada de dentro para fora enquanto a menininha vinha ao mundo lutando para se libertar da prisão que era o útero materno e nessa fuga a mãe virou um dano colateral.


A morte da rainha foi vista como um erro médico, afinal estes deveriam ter feito uma cesária de emergência se quisessem salvar a rainha de verdade, o país todo permaneceu em luto por um mês, a caçula da família Gatti foi nomeada Juliana e por seus primeiros anos tudo pareceu perfeito. A falta da rainha ainda era sentida, mas não tanto quanto antes e os irmãos Gatti pareciam ser inseparáveis, até Juliana completar sete anos e ser escolhida por seu patrono o deus do desespero de um dos povos nativos da América do sul. No começo nada parecia ter mudado até os irmãos começarem a adoecer, as vezes se acidentarem, outras simplesmente tinha o azar estranho de tropeçar nos próprios pés e então cair com a face para o chão, abrindo o queixo, lábio e até mesmo em alguns casos quebrando ossos por uma simples queda.


Foi quando ela tinha nove anos que tudo começou a desmoronar, enquanto voltavam de uma apresentação de ballet a família se envolveu em um acidente de carro que hospitalizou Juliana e os outros irmãos, mas principalmente a maior fatalidade foi a morte do primogênito Gatti e o coma do rei. Marcas, cicatrizes, análise, esse era o resumo da vida da princesa dali para frente, por um ano. O rei continuava em coma, então os conselheiros tiveram que fazer o que era seu desejo, cada um dos filhos foi mandado a um tutor, o primogênito permanecendo na Argentina enquanto os outros eram separados. Juliana, por ser o mais novo, acabou ficando na guarda do arquiduque Cesare Valentín De Rosas. No começo Juliana se mostrou relutante quanto ao tutor, ele não queria se apegar a alguém que acabaria morrendo ou o devolvendo, mas um ano se passou, então dois, então três e nada parecia dar errado. A garotinha finalmente tinha achado seu lar. Sua família, podia ser pequena, mas era tudo que tinha.


Dor e sofrimento, no entanto, pareciam perseguir a garota e quando não conseguiram alcançar Cesare a vítima foi o próprio príncipe. Ele tinha quatorze anos, era uma boa aluna, havia demonstrado uma grande inteligência desde que ficara estável em um lugar e a memória eidética também lhe ajudava no assunto, era uma boa aluna, uma boa garota e acima de tudo tinha um bom coração, bom o bastante para desviar seu caminho para ajudar um cachorro perdido a encontrar seu dono e no desvio, em um beco qualquer acabou por encontrar o que viria a ser seu maior pesadelo.


Ele não tinha um nome, eles chamavam-no de Trickster nos jornais, ele tinha um rosto cheio de maquiagem e cicatrizes e uma roupa de palhaço que se assemelhava a um personagem malvado saído das páginas de quadrinhos. Ela era velha o suficiente para saber o que ser pego por ele significava, ela estaria morta pela manhã, era o que sempre pensava, era o que sempre esperava, por quatro anos. Quatros anos sendo chamado de ‘little bird’, quatro anos sendo sua ‘menininha’, quatro anos desejando que pelo menos o maldito acidente tivesse a levado embora. Quatro anos. Quatro anos sendo acostumada com a dor apenas para ser tratado como uma boneca quebrada ao ser deixada ir. No frio do inverno argentino, perto de casa, do que era sua casa, quase no fim do caminho que já não lembrava mais. Perdida, as palavras do palhaço ainda ecoando em sua cabeça. Casa. Ela queria ir para casa, mas sua mente confusa já não processava mais casa como o local em que Cesare morava.


“Uma hora as máscaras caiem, uma hora as cortinas se fecham e sua vida não será aplaudida… A não ser que você a mude. Sempre foi assim, sempre será assim, o que resta aos quebrados? O que resta aos bastardos? O que resta a você? Não muita coisa, apenas os restos, apenas aquilo que suas cansadas mãos conseguem alcançar. Uma criança de coração quebrado, de alma pesada e corpo desgastado, uma criança de olhos vazios e sorrisos falsos, é o que todos enxergam ao pousarem as orbes no que restou de você, pequena…Eu te avisei, você estava melhor comigo. Reze aos deuses por seu corpo little bird, pois sua alma já está a muito perdida. Vá para casa, Little Bird…Vá para casa.”



Ela o fez. Ela voltou para casa. Para Cesare. Para o que ainda se lembrava, cicatrizes, marcas, análise, era novamente a rotina, que de alguma forma se mostrava melhor do que todos pensavam que ela estaria. Uma perfeita mentirosa mantendo tudo para si, era seu problema, ocasionais crises de pânico demonstravam outra história, mas ninguém liga, certo? Todos veem o que querem ver e ver uma garota forte que superou o trauma é sempre mais agradável do que alguém quebrado para sempre. Talvez fosse por isso que haviam deixado Juliana voltar a escola e tomar apenas um teste para finalizá-lo, por isso eles haviam tão facilmente deixado-a ir para Avalon novamente, dessa vez para cursar direito. Se ele havia entrado em um curso tão difícil, então algo deveria estar certo.


.

Outros Dados:
Juliana Analia Madalena Carolina Gatti Fortunatti  ( Buenos Aires, 2 de setembro de 1997) é o filho mais novo do Rei Manuel II da Argentina e Rainha Analia da Argentina. Ela é o quarto na linha atual de sucessão ao trono e última filha do casal real da Argentina. Após a morte da mãe e o acidente que deixou o rei em coma, quem passou a ter a guarda legal do príncipe foi o arqui-duque Cesare Valentín De Rosas. Foi sequestrada com 14 anos e ficou quatro anos desaparecido, o caso ficou famoso como “Caso Gatti” e todas as autoridades do país achavam que a princesa deveria ser dado como morta, em novembro de 2016 Juliana conseguiu escapar do cativeiro, o culpado nunca foi encontrado e o caso foi fechado, mesmo sem condenação.
'Valerie'

_________________
I'm heading straigh
for the castle!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Ivanka L. Nikolaevna em Seg Jan 15, 2018 7:40 pm


Ivanka

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da SEGUNDA PRINCESA da família real da RÚSSIA? Ela se chama IVANKA EKATARINA NIKOLAEVNA BULGAKOVA, cursa ARQUITETURA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 26 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por ZORYA do PANTEÃO ESLAVO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecida com CARLSON YOUNG.

Extras
⚜️ — Pulseira hospitalar: A esfera consiste em um objeto pequeno, do tamanho de um pulso de uma criança, ainda que a data, a cor e o hospital gravados na pulseira sejam os mesmos gravados na que recebera ao nascer o nome que se lê na pulseira é o do irmão gêmeo, Visarion.  Mesmo após vinte e oito anos a pulseira continua intacta de toda maneira.

⚜️ — Seu daemon tem forma de dragão e se chama Vasilios

⚜️ — Participa das aulas de BALLET CLÁSSICO, EQUITAÇÃO e GINÁSTICA RITMÍTICA


Poderes
⚜️ Menecinese - É a habilidade oposta à Heliocinese, Menecinese é a capacidade de absorver energia lunar, conseguindo realizar incontáveis façanhas por meio desta.Os poderes ao dia se tornam bem fracos, já que a luz solar é muito intensa, pois é refletida do sol.
⚜️ Hemocinese - Hemocinese é a capacidade de controlar o sangue, podendo sentir batimentos cardíacos a quilômetros de distância, transformá-lo em vapor ou até mesmo pedra e também estourar veias do corpo de um ser-humano.
⚜️ Harmonia intocável - Harmonia Intocável é a capacidade de possuir uma aura que lhe protege de ações hostis, do qual deixará as pessoas confusas, fazendo-as mudarem de ideia ao planejarem te atacar.



Historia:
Bah um dia, galera


.

Outros Dados:
Ivanka Ekaterina Nikolaevna Bulgakova. Esta página não existe no wikpédia, se esta procurando a página da princesa russa tente a página conjunta dos herdeiros russos.
'Valerie'

_________________
the pretty lies
the ugly truth

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Cailic Loégharie em Seg Jan 15, 2018 8:39 pm


Cailic

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da DUQUESA da família real da ESCÓCIA? Ela se chama CAILIC LOÉGHARIE, da aula de HISTÓRIA EUROPEIA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 38 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por ANGUS do PANTEÃO CELTA. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecida com CAITRIOA BALFE.

Extras
⚜️ — Relicário de ouro: O relicário é simples, mas antigo e apresenta as marcas do tempo ainda que continue essencialmente intacto, dentro dele há um antigo retrato de alguém que Cailic não lembra direito, o objeto é enfeitiçado para reter as memórias da escocesa, memórias de suas outras vidas.

⚜️ — Seu daemon tem forma de PAVÃO e se chama BAYANAI



Poderes
⚜️ Reencarnação - Toda vez que Cailic morre esta volta anos depois com o mesmo nome, as vezes em locais diferentes de nascimento e normalmente sem muitas lembranças do que aconteceu em sua vida passada, sua aparência também continua a mesma.
⚜️ Empatia musical - O dom de naturalmente saber produzir qualquer tipo de música e além disso, contrololá-la para influenciar outras pessoas ou gerar energia através da força sonora.



Historia:
Basicamente toda vez que ela morre ela reencarna e precisa encontrar o marido e vice-verse só que eles nunca conseguem ficar juntos de boas porque sempre da merda e nessa vida ela é uma duquesa.


.

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
We are together
I need you forever

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Andreas Kaiser Nordskov em Seg Jan 15, 2018 9:32 pm




ANDREAS KAISER NORDSKOV.
the devil you know


Você nunca ouviu falar do DUQUE da família real da DINAMARCA? Ele se chama ANDREAS KAISER NORDSKOV, cursa MEDICINA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ele tem VINTE E DOIS anos, se identifica como CISGÊNERO MASCULINO e foi escolhido por FOME (panteão bíblico). Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecido com ANTON LISIN.


poderes e habilidades;
INDUÇÃO DA FOME — Já bem diz o prenome atribuído ao terceiro cavaleiro que a este cabe a patronagem da fome. Assim, não surpreende que ao abraçar o dinamarquês como protegido, tenha atribuído a este a capacidade de esfaimar os demais, sendo que a condena independe do pousar das suaves mãos por sobre o pobre branco -embora Andreas prefira fazê-lo por meio do contato, por mor de edificar uma falsa noção de seguridade ao apunhalar ineptos pelas espaldas. O anseio intenso despertado em terceiros é de variante escala, sendo que seus efeitos vão desde a capacidade de convencer de uma única criatura ao devorar da própria carne até a imersão de todo um grupo em um frenesi de insaciabilidade. A voracidade ocasionada, entretanto, não é limitada meramente ao sentido do alimento, podendo ser estendida às múltiplas gulas que assolam os indivíduos, abraçando também o âmbito da gana, da ambição, e dos desejos mais profundos que jazem ocultos por sob o véu de uma alma, já sejam estes de cunho material ou intangível, como as emoções. Dessarte, Andreas é capaz de compelir aqueles afetados por esta habilidade a buscar desesperadamente aquilo que almejam, de modo a que por meio das inúmeras fomes, ocasionem a própria destruição.

ABSORÇÃO — Não por ser capaz de despertar a voracidade em outros é este isento de possuir as próprias gulas d’alma, dentre as quais destaca-se a ambição, eternamente amparada pelo egoísmo tão presente no dinamarquês. E para o aplacar destas é que o cavaleiro concedeu-lhe uma segunda benção. O Nordskov é capaz de absorver matéria e energia em todas suas possíveis formas -dentre as quais poderes e habilidades- por vias da remoção destas de uma fonte externa, já seja esta animada ou não, modo a converter o absorvido em benefícios para o próprio organismo (como por exemplo, regeneração celular, saciedade ou até mesmo vitalidade). Ainda que não exista a dependência de dita habilidade para a sobrevivência e Andreas tenha total controle sobre tal, esta há de garantir a imortalidade virtual do scion visto que, enquanto perdure a absorção, a deterioração e exaustão naturais hão de ver-se obstadas.


inventário;
ESFERA — Um açoite de aço-níquel, cuja estrutura é análoga à dos açoites de ferro, instrumentos utilizados para tortura durante a idade média. A empunhadura de comprimento mediano é recoberta por uma única peça de couro basto e escuro, por mor de oferecer melhor sustento a quem brandir a arma. O vértice de cilindro tal biparte, modo a outorgar espaço a duas correntes relativamente curtas de fortes elos, cada uma sendo responsável por ofertar sustento a um peso esférico recoberto por afiadas puas, dotadas de uma resistência que torna pouco provável sua ruptura, cujo intento é o de prender-se à carne e desgarrar a musculatura superficial de a quem se agride. Quando inutilizada, assume a forma de um denário de prata preso à uma corrente do mesmo material que compõe a arma — o popular símbolo do mítico cavaleiro da fome.

DAEMON — Vayentha, a abutre-fouveiro.


miscelânea;
EXTRACURRICULARES — Membro do Clube de Psicologia; praticante de esgrima.

PERSONALIDADE E BACKSTORY —Embora apadrinhado pela Fome, o caráter putrefato traz à luz o questionamento de se Peste ou Morte não haveriam de tê-lo tomado sob proteção, em vez. Trás um véu de cortesias e aspecto polido, bem como o pacato e persuasivo enunciar métrico digno do mesmíssimo rei — que faz de acólito ao dócil e preocupadíssimo olhar —, jaz abscôndita uma psique edificada por e para o tormento. Dentre as prioridades, o si estagna-se como singular, condicionando um egoísmo intrincado que se prende com dentes e gatázios à médula masculina. Fiel seguidor de um individualismo cego, Andreas não leva em consideração quaisquer emoções de outrem, excedendo-se cenários donde a empatia lhe é conveniente. Extrai prazer do dolor e da desolação de terceiros, deliciando-se com o pesar que emana tal qual perfume daqueles desditados por sua mão. Pois tal mão condena, sim, muitos à agonia, visto que um afago desta basta para permitir-se assistir o desespero alheio. Entretanto, não por acaso detém tais trejeitos. Fato é que o dinamarquês é encarnada consequência de um lar hostil, donde ambições brutais e preços de sangue andavam pareados, constituindo a única figura deífica dentro do seio familiar. Matar ou morrer, devorar ou ser devorado. Ensinamentos passados com sadismo e brutalidade, que terminaram por cobrar sua parcela do bom caráter que um dia haveria de florescer naquele que, em instância, nada era que não um infante; submisso aos horrores que cada novo alvorecer representava. Dessarte, por mor de sobreviver, Andreas tivera de adaptar-se, apartando de si todos os pueris sentimentos que tornavam-no fraco e terminando por converter-se em uma infame besta movida meramente pelos próprios interesses.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Ronan Bishop em Seg Jan 15, 2018 10:52 pm


Ronan

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar do BASTARDO da família real da ITÁLIA? Ele se chama RONAN BISHOP, cursa ENGENHARIA BÉLICA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ele tem 22 ANOS, se identifica como HOMEM e foi escolhido por BELLONA do PANTEÃO ROMANO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecido com RICHARD HARMON.

Extras
⚜️ — Um pente vazio de ak-47

⚜️ — Seu daemon tem forma de CABRA e se chama SEPHORI



Poderes
⚜️ Hemocinese - Hemocinese é a capacidade de controlar o sangue, podendo sentir batimentos cardíacos a quilômetros de distância, transformá-lo em vapor ou até mesmo pedra e também estourar veias do corpo de um ser-humano.




Historia:
Um bastardo que foi criado pelo tio já que o pai vive fugindo e trocando de identidade, a mãe não liga para ele, ele não liga para os dois, há pouco tempo foi expulso da escola e cidade aonde morava por ter entrado na escola e aberto fogo contra seus colegas, vários morreram e outros muitos ficaram feridos, Ronan foi pelo pela swat quando parou para comprar um refrigerante na máquina da cafeteira da escola, a influência da mãe o fez não ir para a cadeia e o caso foi jogado para debaixo do tapete enquanto Ronan era confinado em Avalon, dessa vez sem acesso a armamentos.

.

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
don't tell me
how to live my life

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Emmalina H. Lonhöff em Seg Jan 15, 2018 11:11 pm


Emmalina

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da HERDEIRA da família real da POLÔNIA? Ela se chama EMMALINA LONHÖFF, cursa DIREITO no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 25 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por FLINS do PANTEÃO ESLAVO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecido com ANA DE ARMAS.

Extras
⚜️⚜️ — Baralho de taro: Um baralho antigo de taro com as cartas escritas na língua híndi, normalmente as cartas são deixadas na caixa, pois Emma não costuma usá-las. Sua caixa é azul turquesa com dois detalhes em azul ciano na frente. No lado da caixa há uma inscrição em híndi explicando coisas sobre o baralho e a prática da leitura de sorte. Na caixa há uma elfa vestida de azul claro com vários animais em um bosque. A elfa é coroada e segura um cajado.


⚜️ — Seu daemon tem forma de um LOBO BRANCO e se chama CAMIYO



Poderes
⚜️ Ressurreição - Capacidade de reviver seres que foram mortos. Se o corpo do ser estiver danificado será preciso primeiramente curá-lo, embora algumas variações desta habilidade permitam que o ser volte a vida e ao mesmo tempo o corpo esteja em perfeitas condições.

⚜️ Indução de medo


Historia:
Emma nasceu antes da guerra entre Rússia e Polônia, ela só tem outras três irmãs e a mãe delas morreu, então ela é a herdeira absoluta porque a coroa polaca não aceita filhos de segundo casamento no trono, obviamente que o pai dela quer que o filho mais novo que é um boyzinho seja o rei e não ela. Então ela é bem complexada em tentar se mostrar o mais preparada possível e tentar ser uma boa garota em obedecer etc, por isso ela tá tão tentando de qualquer jeito fazer esse negócio do noivado dar certo, gostando ou não o Yosef, pq ela sabe que se ela pelo menos conseguir isso talvez o pai dela goste mais dela

Outros Dados:
...
'Valerie'
[/quote]

_________________
I'm you good girl
just tell me what you want

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Americo N. Campbell em Seg Jan 15, 2018 11:19 pm


Americo

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar do HERDEIRO da família real dos ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA? Ele se chama AMÉRICO CAMPBELL cursa ENGENHARIA MECÂNICA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ele tem 27 ANOS, se identifica como HOMEM e foi escolhido por FELICITAS do PANTEÃO GREGO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecido com MATTHEW DADDARIO.

Extras
⚜️ — Chapéu com canudo: O chapéu vermelho listrado com as cores do país norte americano tem acoplado em si duas latas de coca-cola com dois canudos que vão até a boca do usuário, além da bebida sempre estar da temperatura desejada por Americo os recipientes sempre estão cheios e podem ser da bebida que o Worrington desejar.



⚜️ — Seu daemon tem forma de ÁGUIA CARECA e se chama BRAVO



Poderes
⚜️ Manipulação de probabilidades - Capacidade de alterar a probabilidade, causando acontecimentos estranhos ou impedindo acontecimentos normais. Isto inclui aumentar a sorte ou azar de alguém.



Historia:
Um dia talvez

.

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
i'm living dead
only alive

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Oswald Q. Giugoli em Ter Jan 16, 2018 6:27 pm


Oswald

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar do DUQUE DE CARDIFF? Ele se chama OSWALD GIUGOLI da aula de ETIQUETA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ele tem 57 ANOS, se identifica como HOMEM e foi escolhido por OLOKUN do PANTEÃO UMBANDA. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecido com COLIN FIRTH.

Extras
⚜️ — Livro o príncipe: Não há nada especial com o livro, é apenas um exemplar de O príncipe com capa vermelha e letras douradas que nunca se danifica.


⚜️ — Seu daemon tem forma de FÊNIX e se chama BASTINA



Poderes
⚜️ Hidrocinese



Historia:
Um dia talvez

.

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
call me
senpai

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Shiera C. Amudsen em Ter Jan 16, 2018 6:47 pm


Shiera

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da HERDEIRA da família real da AUSTRÁLIA? Ela se chama SHIERA AMUDSEN, cursa ECONOMIA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 25 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por HADES do PANTEÃO GREGO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecido com ALYCIA DEBNACAM CAREY.

Extras
⚜️ — A esfera de Shiera é uma pedra de rubi que atualmente está em um de seus anéis.

⚜️ —  Uma píton-reticulada verde que leva o nome de Nrühl.





Poderes
⚜️ AURACINESE: Capacidade de ver controlar e absolver a aura astral de uma pessoa. Essa habilidade possibilita que o usuário faça qualquer dano ou alteração mental ou espiritual em uma pessoa, possibilitando que este possa enfraquecer, tirar a consciência, apagar a memória, absolver essa aura (o que fará o usuário se sentir mais forte e a vítima mais fraca), fazer entrar em coma ou estado vegetativo, ou até mesmo matar qualquer um que possuir uma aura astral.

⚜️ NECROMANCIA: A manipulação de mortos-vivos, usando-os como servos, escravos ou defensores sob o comando do usuário após ressuscitá-los, é considerado magia negra ou bruxaria, e seus usuários se chamam necromantes.

⚜️ UMBRACINESE: Tem a capacidade de manipular as sombras, podendo solidificá-las, transportar-se por meio delas,desaparecer nelas e muito mais.




Historia:
Shiera é a primeira e única menina em uma família de seis crianças, cresceu sendo rejeitada pela mãe e mimada pelo pai, a mãe sonha em dar o golpe e colocar o irmão dela no trono, já o pai quer a Shiera como rainha como deve ser, ela também é uma princesa que quase nunca está na mídia, sempre que está são coisas boas e fica aquela dúvida de se ela é realmente tão boa ou simplesmente sabe muito bem como esconder as falhas.

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
Rich girl and  
you gone too far

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Analise Von Gallagher em Ter Jan 16, 2018 6:57 pm


Analise

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da TERCEIRA PRINCESA da família real da HOLANDA? Ela se chama ANALISE VON GALAGHER, cursa HISTÓRIA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 24 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por ÉOLO do PANTEÃO GREGO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecido com GIGI HADID.

Extras
⚜️⚜️ — Toca: Uma toca de lã colorida, o gorro termina em duas cordas com laços no fim destas, no topo do gorro há um pompom vermelho. A toca sempre esteve com Analise e cresceu se adaptando ao crescimento da princesa, além de mantê-la aquecida durante o inverno a toca é capaz de mantê-la protegida do sol sem causar calor, até mesmo sendo refrescante, por mais que quase todo o tempo tenha aparência normal a toca pode mudar para qualquer tipo de chapéu que seja de desejo da Von Gallagher.


⚜️ —  Uma GARÇA que leva o nome de Osmanoğlu.





Poderes
⚜️ AEROCINESE: Capacidade de controlar, gerar, ou absorver o elemento ar. Isto inclui produzir rajadas de ventos, tornados e aumentar a pressão do ar para esmagar coisas, diminuir a resistência do ar e derivados em geral.




Historia:
Bah

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
Babe came home
to
a empty house

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Lorena R. Deveraux em Ter Jan 16, 2018 7:16 pm


Lorena

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da DUQUESA da família real da AUSTRÁLIA? Ela se chama LORENA DEVERAUX, leciona CALCULO II no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 31 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por QUETZALCÓATL do PANTEÃO ASTECA. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecido com LYNDSY FONSECA.

Extras
⚜️ — Um par de luvas pretas de couro, as luvas foram feitas especialmente para conter os poderes de Lorena e a garota na maior parte do tempo está as usando, as luvas podem se tornar invisíveis assim como de outras texturas e tecidos, mas sempre permanecem pretas com o simbolo da austrália bordado na palma de suas mãos.


⚜️ —  Uma LONTRA que leva o nome de KOURYIE.





Poderes
⚜️ Fotocinese




Historia:
Bah

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
Don't dream it
Be it

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Magdalena F. Monaghan em Ter Jan 16, 2018 8:41 pm


Magdalena

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar da LADY da família real da POLONIA? Ela se chama MAGDALENA MONAGHAN, cursa MEDICINA no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ela tem 25 ANOS, se identifica como MULHER e foi escolhida por BELISAMA do PANTEÃO CELTA. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ela é muito parecido com BRYNDEN JENKINS.

Extras
⚜️ — Sapatilha de ponta: Uma sapatilha comum de ballet clássico, rosa, com os laços perfeitamente conservados, costumava ser de Magdalena quando esta ainda dançava profissionalmente. A sapatilha sempre lhe concedeu conforto em qualquer ocasião em que a usava além de garantir que seus movimentos fossem ainda mais limpos que o normal.


⚜️ —  Um CISNE que leva o nome de CAMELAI.





Poderes
⚜️ Super-Inteligência




Historia:
Bah

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
We are the
things love destroyed

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Colin O'Toole em Ter Jan 16, 2018 8:53 pm


Colin

Dados Gerais
Você nunca ouviu falar do HERDEIRO da família real da IRLANDA DO NORTE? Ele se chama COLIN O'TOOLE cursa MÉDICO no ensino SUPERIOR em Avalon. Ouvi dizer que ele tem 28 ANOS, se identifica como HOMEM e foi escolhido por AFRODITE do PANTEÃO GREGO. Sem querer dar uma de puxa saco, mas acho que ele é muito parecido com TOM BUSSON.

Extras
⚜️ — Estetoscópio: O estetoscópio tem aparência normal, simples, preto e prateado com sua caixa sendo de veludo preto. O objeto só se difere dos outros por ser capaz de dizer exatamente onde a pessoa está machucada e qual tipo de ferimento ou doença que esta esta portando.




⚜️ — Seu daemon tem forma de JAVALI e se chama CLAYTON



Poderes
⚜️ Sedução
⚜️ Metamorfose


Historia:
Um dia talvez

.

Outros Dados:
...
'Valerie'

_________________
Turn your back on
mother nature

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Tomislav V. Dragonov em Qua Jan 17, 2018 2:02 pm



GEN.INFO//:
Você nunca ouviu falar de TOMISLAV VISSARIONÓVITCH DRAGONOV? Ele é o CHEFE DA SEGURANÇA da Academia Avalon há SEIS ANOS e veio de SÃO PETERSBURGO, RÚSSIA. Ouvi dizer que ele tem CINQUENTA E TRÊS anos, se identifica como CISGÊNERO MASCULINO e foi escolhido por ZIRNITRA [MITOLOGIA ESLAVA]. Sem querer puxar o saco, mas acho que ele é muito parecido com MADS MIKKELSEN.
?/ABILITIES<
KROVOZHADNY — Por mais que Zirnitra fosse pura magia, ele sabia que seu protegido não possuía o perfil do feiticeiro que fica à beira da batalha como suporte. Ele é, literalmente, um tanque de guerra, que parte para o meio do combate sem hesitação e leva tudo consigo. Portanto, invés de lhe dar habilidades mágicas que nunca utilizaria, cedeu-lhe uma armadura de peça única, sem emendas. Desenvolvida a partir de uma primeira camada de metálider, um material composto de cadeias lineares de átomos de carbono unidos por meio de magia, garante ao guerreiro uma resistência três vezes maior do que a de um diamante e uma graciosa leveza. Fria, dura e ao mesmo tempo flexível para garantir fácil movimentação em combate, ainda foi coberta por sangue do lendário dragão que patroniza o soviético, garantindo proteção contra possessão quando estiver ativa e um tom de vermelho vivo para adorná-la. Sua segunda camada é constituída por placas de adamantino negro, bordadas juntas e presas por cima da peça rubra; metálider, sendo um metal vivo que admite simbiose, automaticamente absorveu o adamantino à si, formando uma fina camada como uma folha de papel e entrelaçando-se atomicamente ao mesmo. Equipada com luvas, botas metálicas e capacete arredondado e escuro com um visor cristalizado e vermelho, as aberturas em alguns trechos espalhados pelo corpo permitem visualizar a cor escarlate por baixo, fazendo com que as ramificações remetam à imagem de nervuras. A pele do biotraje é capaz de reciclar gás carbônico e outros detritos expirados, absorvendo a luz solar para gerar energia, criando um suprimento infinito de água e ar. Contudo, desde a primeira vez que a vestiu Tomislav foi obrigado a manter uma ligação neural com a peça, coisa indicada pelas agulhas cravadas na base da coluna vertebral e nuca do russo; como consequência, Tomislav consegue senti-la respirar sempre que a traja. A armadura confere ao homem uma resistência mágica absurda, assim como proteção para quaisquer tipos de dano, sendo incapaz de ser atingida por armas comuns. Ela também aumenta as capacidades físicas do usuário, maximizando seu potencial de destruição, e possui aberturas nas costas para a materialização de asas quando a fisiologia draconiana é utilizada em conjunto.

FISIOLOGIA DRACONIANA — Através do sangue que Zirnitra o fez consumir ao receber patronagem, Tomislav adquiriu a habilidade de mimetizar-se parcial ou totalmente em um dragão. Embora possua habilidades bastante parecidas com as criaturas mitológicas, estas são consideravelmente diminuídas para melhor se adequar a um corpo humano que, mesmo após ingerir a seiva vital do grande Zirnitra, ainda detém um infindável número de limitações. Para confirmar este fato, Tomislav pode acabar com um variado leque de fraquezas e ferimentos caso utilize o poder em demasia: pele com aspecto escamado, febres altas, queimaduras de graus elevados, problemas vocais e/ou pulmonares, grandes rasgos nas costas por onde as asas deveriam sair, unhas e dentes fracos. Ao contrário do que acreditam, Tomislav não cospe fogo, muito menos outros elementos; em sua forma draconiana, ele ainda não atingiu estágio de desenvolvimento completo, acabando por ser incapaz de manifestar controle elemental de qualquer tipo.

KROV — Em russo ‘Krov’ significa sangue, nome apropriado para esta Dragunov, um fuzil semi-automático para atiradores de elite produzido na antiga União Soviética e tido como poder por estar acoplado ao corpo de Tomislav tanto quanto sua armadura ou sua Esfera. Anteriormente pesando cerca de 4,80 kg (municiado) e tendo 1,22 m de comprimento, hoje em dia seu peso se aproxima de seis quilos. Embora existam armas de melhor performance no país, a Dragunov foi a arma de preferência de Tomislav desde sua entrada no exército, inicialmente por compartilharem um nome similar, depois pelo costume e excelência em manejá-la. Como um presente, sua já antiga (mas muito bem conservada) amiga recebeu melhorias mágicas, virando uma arma de fogo de seleção, resumindo várias em uma. No topo lembra um rifle antimatéria com munição próxima de vinte e cinco milímetros por quarenta, abaixo possui um disparador de feixe iônico; por fim, um dispositivo acoplado parecido com um lançador de granadas sem cartucho. Todo o sistema pode ser acionado pelo gatilho. A aparelhagem é sustentada por uma espécie de placa-mãe com mira a laser, tendo ainda dispositivo de visão noturna, módulo térmico e sistema de camuflagem. Embutidos ao longo do armamento, pedaços do arco mágico de Houyi a fizeram adquirir maior precisão, alcance e velocidade. Armada com munição infinita, Krov não necessita ser recarregada, embora seja necessário algum tempo de descanso após o uso.
/I:NVENTORY<
HEVNO HAHDRIM — Adjacente à Krovozhadny, sua esfera se materializa na forma de uma peça de cristal acoplada ao pulso do soviético, tomando a forma de um luxuoso relógio quando em descanso. Quando Tomislav a toca, um painel circular visível apenas ao soviético se forma acima do braço, como um prato de luz rodeando o cristal, sensível à manipulação tátil. Este painel torna possível, por meio de um sistema de ideogramas, armazenar matéria fragmentada em espaços dimensionais. O controle de vibração molecular de Krovozhadny e de Krov estão ligados a uma ponta do ideograma, num processo que funciona mais ou menos como a representação de uma estrela, cada ponta sendo um bolsão dimensional em que se pode armazenar armamentos e proteções.  

TYRANDEE, A DRAGÃO-DE-KOMODO — Com cerca de dois metros de comprimento, a dragão de komodo possui um tom de pele único: completamente negra, com ramificações avermelhadas que representam listras e nervuras. De olhos igualmente rubros, a daemon, assim como Tomislav, não consegue manifestar uma característica chave de sua espécie: a saliva tóxica. Daemon e humano acreditam que poderão fazê-lo ao evoluir sua capacidade mágica e trabalhar seu desenvolvimento espiritual, embora nunca disponham de tempo para tal.
0100:/110110010011>
Porra, sofreu demais. Tinha o diabo no corpo desde pequeno, viu dez irmãos (e o pai) morrerem, sempre foi o filho favorito da mamãe. Só recebeu oferta de patronagem aos trinta anos, quando no exército, e saiu matando um quartel inteiro de soldados estupradores. Irritado em 60% do tempo, excitado nos outros 40%. Um homem bastante simples, na verdade. Bisexual as fuck; profundamente apaixonado pelo Cesare por essa vida (e pela próxima também, dizem os boatos).

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: ❝ — FICHÁRIO.

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum